(43) 9 8817-1041 / (43) 3322-1786
nutricionista.galvao@yahoo.com

DICAS DE SAÚDE

Vitamina D – previne infecções virais

A vitamina D tem múltiplas ações em nosso corpo, mas aqui iremos dar ênfase sobre o papel importante que ela tem na modulação da imunidade contra infecções virais. Isso porque ela modula a resposta inflamatória e induz o aumento de células de defesa no nosso organismo que tem como função atacar as células infectadas por vírus.

Nutricionista

Uma pesquisa realizada em 2017 confirmou que a suplementação de vitamina D previne infecções virais no trato respiratório e ajuda a manter o sistema imunológico fortalecido. Vale lembrar que quando foi realizado este estudo, não estávamos enfrentando o novo coronavírus, portanto ainda não foram apresentados estudos científicos que comprovem que a vitamina D seja eficaz frente ao COVID-19.

É importante considerar aqui, que a vitamina D não é milagrosa e nem deve ser a única medida utilizada no tratamento nutricional. Sua deficiência, além de reduzir a imunidade, pode provocar raquitismo, alterações no crescimento e nos ossos.

A principal fonte da substância é a exposição solar frequente. Por isso, exponha-se ao sol diariamente, ou sempre que possível durante 10 ou 15 minutos. Uma dieta balanceada também irá te auxiliar neste momento. Dê preferência para os seguintes alimentos: salmão, gema de ovo, óleo de fígado de peixe, sardinha, leite e bacalhau.

Excesso de vitamina D pode causar intoxicação e determinar concentrações elevadas de cálcio no sangue.

Sintomas de intoxicação com vitamina D: náusea, vômito, perda do apetite, fraqueza, hipertensão arterial, músculos fracos, ossos fracos além de que o cálcio em excesso por provocar lesões renais permanentes.

#comabem #vivamelhor #imunidade

Corona vírus X Imunidade

A vitamina D tem múltiplas ações em nosso corpo, mas aqui iremos dar ênfase sobre o papel importante que ela tem na modulação da imunidade contra infecções virais. Isso porque ela modula a resposta inflamatória e induz o aumento de células de defesa no nosso organismo que tem como função atacar as células infectadas por vírus.

Nutrição Clinica

Nessa onda de corona vírus vale reforçar ainda mais a necessidade de estarmos sempre atentos a nossa saúde.

Ainda não existe nenhuma vacina que combata diretamente o coronavírus, mas já se sabe que se trata de um vírus de rápido contágio, silencioso e seu contágio acontece por meio das gotículas de saliva, espirro, contato pessoal próximo ou contato com superfícies contaminadas.

Algumas pessoas podem desenvolver a doença e outras não.

O hábito alimentar saudável não previne ninguém das infecções virais, mas ajudam a fortificar o sistema imunológico e prepara o corpo para enfrenta-las.

Portanto dê uma atenção maior ao seu corpo nesse momento e opte por alimentos naturais, como por exemplo:

Alimentos ricos em fitoquímicos que inibem o processo de oxidação e a inflamação, e aqui podemos destacar algumas especiarias: cúrcuma, gengibre, alho, cebola, pimenta preta...

Alimentos ricos em vitamina C, que nos ajudam a aumentar a imunidade de forma natural. Como a acerola, laranja, limão, kiwi...

Não opte por dietas restritas. Tenha uma alimentação saudável e balanceada. Não abuse das bebidas alcoólicas.

Varie sempre na ingestão de folhosos, legumes e vegetais.

E tenha uma ótima noite de sono. Caso não saiba, a qualidade de sono afeta diretamente a imunidade. Essas são as dicas que irão ajudar a melhorar sua imunidade!

Pimenta Caiena – diversos benefícios, entre eles o emagrecimento.

A pimenta caiena além de ser utilizada na preparação de diversos pratos da cozinha brasileira, tailandesa e mexicana, é também considerada e utilizada como um fitoterápico nativo da América e cultivada como hortaliça e condimento em todos os países tropicais.

Nutricionista

É uma pimenta muito conhecido pelo seu emprego culinário, que por sua vez também produz efeitos medicinais e terapêuticos.

A caiena é considerada e utilizada como erva nutricional por diversas autoridades médicas ao redor do mundo, principalmente pelo seu elevado teor de betacaroteno (vitamina A), vitamina C, cálcio, potássio e vitaminas do complexo B (razões pelo qual esse alimento é excelente para as artérias e coração).

A pimenta caiena, como podemos ver, possui diversos benefícios dentre eles:

Excelente estimulante da circulação sanguínea

Considerada um ótimo remédio para o coração

Considerada um fito cosmético para queda de cabelo

Auxilia no alívio de dores articulares

Estimula a produção de ácido clorídrico que é necessária para a digestão

e assimilação adequada de nutrientes, principalmente das proteínas

Aumenta a assimilação de nutrientes e a eliminação de resíduos tóxicos do organismo

Favorece a ação peristáltica dos intestinos melhorando a prisão de ventre

Auxilia no processo de emagrecimento já que estimula o sistema nervoso simpático a aumentar a liberação de catecolaminas, diminuindo assim o apetite e a ingestão de calorias diária.

Se o seu objetivo é emagrecimento pega a dica: cada 6g de pimenta caiena queimam 45 calorias.

Beijos, Galvão.

Frutose atrapalha no processo de emagrecimento?

As frutas possuem um tipo de carboidrato chamado frutose, e o seu consumo aumentou drasticamente nas ultimas 4 décadas, devido ao seu uso generalizado em muitos alimentos e bebidas, tais como: frutas enlatadas, geleias, doces em pasta, pó para bebidas, refrigerantes, pudins, bolos, açúcar de mesa, agave e xarope de milho rico em frutose.

Fitoterapia

A ingestão de uma dieta rica em frutose inicia uma cadeia de eventos metabólicos, o que pode levar o paciente a desenvolver diabetes, esteatose hepática (gordura no fígado), hipertensão e a obesidade.

Um estudo realizado para os Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia mostrou que os camundongos alimentados com frutose apresentaram significativa hipertensão e intolerância à glicose , já em camundongos o consumo crônico de frutose alterou o metabolismo de glicose e o perfil lipídico , comprovando que esse tipo de carboidrato não contribui para o emagrecimento.

Entretanto, a frutose quando consumida na forma de monossacarídeos, ou seja, em forma de frutas, é uma boa fonte de vitaminas, minerais, fibras e fotoquímicos que auxiliam no bom funcionamento do organismo. Porém vale lembrar que se o seu objetivo é emagrecimento é importante que a quantidade total de carboidratos do dia todo seja ajustada e distribuído corretamente entre as refeições, levando sempre em consideração sua rotina e diversos outros fatores pessoais.

Para mais informações consulte seu Nutricionista.

Para agendar sua consulta comigo entre em contato através do WhatsApp: (43) 9 9981-9943

Benefícios do café da manhã

O café da manhã é uma das três principais refeições do dia (as outras duas são almoço e jantar). Durante o sono, nosso corpo consome cerca de 40 a 60kcal por hora de sono, ou seja... durante esse período somos sustentados por nossas reservas corporais de nutrientes. Ao acordarmos nosso corpo pede por “combustível” para que ele possa trabalhar bem, garante o bom humor pela manhã e a disposição para exercícios físicos, e ainda, como melhora a atenção e a concentração, favorece o seu trabalho e seus estudos. E é por esse motivo que o café da manhã é considerado por diversos escritores e pesquisadores como sendo uma das três refeições mais importantes do dia.

Alimentação Saudável

Um café da manhã saudável deve ser composto por nutrientes essenciais e energia, de tal forma que supra todas as necessidades do seu dia a dia até a próxima refeição. Mas será que você toma um café da manhã saudável e completo todos os dias? De forma geral é importante que o seu café da manhã seja composto por:

Proteínas: Ovos são ótimas opções para café da manhã, pois além das proteínas produzirem energia mantendo você saciado por mais tempo, são também ricos em vitaminas B12, B2 e A, os ovos também contêm colina, um nutriente essencial para o desenvolvimento e funcionamento do cérebro. Um estudo da Universidade de Connectcut nos EUA mostrou que as pessoas quem consumem ovos pela manhã tem menos compulsão alimentar ao longo do dia, e outro estudo realizado em Ilinois mostrou que pessoas que têm hábito de comer ovos pela manhã se sentem mais saciados ao longo do dia.

Gordura: Por exemplo, o abacate. Um alimento fantástico, com mais de 20 vitaminas e minerais, além da gordura monossaturada e ômega-3.

Carboidratos: Opte por carboidratos complexos, tais como: pão integral, granola, aveia, pois esses possuem altas quantidades de fibras, libera glicose na corrente sanguínea de forma gradual, e pode ser também um excelente pré-treino para quem costuma malhar logo pela manhã.

Dica: Se você não consome café da manhã por simplesmente não sentir fome, experimento comer menos à noite, e automaticamente passará a sentir fome ao acordar. Sem sacrifício, você estabelecerá o equilíbrio ideal de apetite ao longo do dia.

Para mais informações, agende sua consulta pelo whatsapp (43) 99981-9943

Beijos, Galvão.

Benefícios da lentilha no processo de emagrecimento.

Dentre os carboidratos coringa do emagrecimento podemos citar a lentilha. Aquela que é famosa por supostamente atrair prosperidade e dinheiro, agora também pode te auxiliar no processo de emagrecimento. Entenda sobre.

Dicas de Saúde

Devido às suas características singulares, essa leguminosa é um alimento muito versátil e especial quando o assunto é emagrecimento.

A lentilha é um carboidrato complexo, nutritivo, que garante proteção cardiovascular, fonte de Ferro e Folato e Magnésio, rica em fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal, no colesterol ruim e glicemia, de baixo índice glicêmico, e que pode nos trazer diversos benefícios que vão além do emagrecimento, por isso não se limite a consumi-la somente nas festas de finais de ano, viu?

Sua digestão é lenta e constante, ou seja: ótima opção para te dar energia por um bom tempo sem picos de insulina.

Mas é muito importante dizer que o seu consumo não seja à vontade/excesso. Aliás... nenhum alimento é!

A ingestão em excesso de lentilha pode aumentar o ácido úrico devido ao elevado teor de purina, principalmente em pessoas com predisposição.

Você tem o hábito de consumir lentilha em suas refeições? Se ainda não, ta aí um ótimo motivo para começar a introduzir!

Os tipos de bananas e as diferenças entre elas

Quem aí gosta de banana mas não sabe a diferença entre elas?

Se quer saber para muitos, banana é banana e ponto final.

Mas hoje vou explicar que não é bem assim que funciona.

Dicas de Nutrição

A banana é a fruta mais popular do Brasil, e aqui na nossa terrinha existem 4 tipos muito populares. De forma geral a banana é uma fruta de alto valor nutritivo, muito rica em açúcar e sais minerais, principalmente potássio e vitaminas A, B1, B2 e C.

Quando comparadas entre elas em uma porção de 100g cada uma, podemos notar que:

Banana nanica: é a mais docinha, e devido a sua consistência possui capacidade de substituir o ovo em uma receita, por exemplo. Contém 92kcal e aproximadamente 24g de carbo. Seu consumo é ideal para aqueles que buscam repor o potássio perdido no dia a dia.

Banana prata: É a opção mais durável que as outras. Depois de compra-la é possível que ela dure por até quatro dias após o amadurecimento. Geralmente a prata é menos doce que a nanica, por isso é a mais utilizada para fabricação de doces. Contém 89kcal e 26g de carbo.

Banana maçã: Uma rica fonte de compostos antioxidantes fenólicos, se consumidos juntamente com repolho e vegetais de raiz protegem a saúde renal. Nela também encontramos a pectina, que ajuda a aliviar a constipação e melhora a função intestinal. Contém 89kcal e 22g de carbo.

Banana da terra: O maior benefício da banana da terra está na grande quantidade de vitaminas A e C e potássio presentes em sua composição. Apesar dos seus inúmeros benefícios tais como: combate à anemia, melhora da visão, fortalecimento dos ossos, e etc, ela não é a melhor opção para quem busca emagrecimento, já que possui 128kcal, e 34g de carbo por porção.

A banana ideal para consumo sempre será aquela que corresponde aos seus objetivos.

Se o se objetivo é emagrecimento ou então está apenas em busca de manter uma alimentação menos calórica, a banana prata é a mais recomendada, junto à banana maçã, que contém a mesma quantidade de calorias.

Agora se a ideia é obter mais energia, a banana da terra é a melhor opção.

Tudo vai depender dos seus objetivos.

Como ter disciplina em relação a dieta e treino?

Está difícil para você ter disciplina em relação à dieta, treino e emagrecimento saudável?

Emagrecimento

Neste poste irei passar 3 dicas importantes de como conseguir atingir tudo isso sem viver na extremidade.

Dica nº1 - Se você nunca fez dieta, comece escolhendo 1 (um) dia da semana para ser 100% saudável. Neste dia você não consumirá nenhum tipo de alimento industrializado, refrigerante (mesmo os Zero, light ou diet), açúcar e adoçante de nenhum tipo, fritura e farinha branca. Opte apenas por comida de verdade, tais como: vegetais, legumes, frutas, folhosos, tubérculos, carnes, ovos, leite, água, alimentos integrais, oleaginosas, e etc.

Na segunda semana experimente comer 100% saudável 2 dias da semana.

Na terceira semana, 3 dias.

Até que chegará um momento da sua vida que comer saudável será algo natural e não mais um sofrimento.

Dica nº2 - Escolha uma atividade física que te agrade e faça pelo menos duas vezes na semana.

Assim como a alimentação saudável, aos poucos vá aumentando a frequência e o tempo de treino.

Dica nº3 - Não seja radical e não faça promessas que te colocarão próximo da falha! Quando agimos assim fica muito mais fácil de realmente falharmos.

Por exemplo: Querer emagrecer 20kg em 3 meses.

As vontades e as oportunidades parecem ser ainda mais difíceis de lidar, então quando surgir uma brecha você vai se ver comendo uma panela todinha de brigadeiro.

E ai, não se dando por satisfeito, você resolve fazer outra promessa ainda mais radical e que dessa vez, na sua cabeça vai funcionar perfeitamente, só que não vai.

Então o segredo é um só: Constância! Nada funciona se você só se dedica as vezes.

Beijos da Galvão.

Fibras solúveis e insolúveis

Muito se ouve dizer sobre a importância do consumo das fibras, que as fibras são essenciais para manter o nosso corpo saudável e que o consumo adequado de fibras na dieta ajuda a reduzir o risco de algumas doenças crônicas, como por exemplo: diabetes melito, AVC, hipertensão arterial, doença arterial coronariana e outras.

Mas você sabe qual a diferença entre as fibras solúveis e insolúveis? Qual você deve consumir e por quê?

Qualidade de Vida

Em 1999 a American Association of Cereal Chemists definiu a fibra alimentar como sendo uma parte comestível de carboidratos e plantas que são resistentes à digestão com fermentação completa ou parcial pelo intestino humano.

A fibras alimentares são divididas em solúveis e insolúveis, devido a sua solubilidade ou não em água.

As fibras solúveis, como o próprio nome diz, dissolvem-se em água formando géis viscosos. Tem como característica a diminuição do esvaziamento gástrico, aumento do tempo de trânsito intestinal, está relacionada ao retardo da absorção de glicose e diminuição da glicemia pós-prandial (aumento do nível de glicose na corrente sanguínea cerca de 10 min após uma refeição).

Alguns exemplos de alimentos fonte de fibras solúveis são: aveia, cevada, abobrinha, vagem, grãos integrais, oleaginosas, alfarroba, hortaliças e frutas como por exemplo abacaxi e maçã com casca.

Já as fibras insolúveis não formam géis por não serem solúveis em água, sua fermentação é lenta e limitada porém essas contribuem para a redução do tempo de trânsito intestinal, cooperam para o aumento do volume do bolo fecal e retardam a absorção de glicose.

Alguns exemplos de alimentos fonte de fibras insolúveis são: verduras folhosas, cascas e bagaços de frutas, soja, feijão, lentilha, farelos, trigo, arroz, brócolis, couve-flor e etc.

Vale lembrar que para desempenharem suas funções corretamente é necessário não se esquecer de bater a ingestão hídrica diária, pois a não ingestão correta de água pode ocasionar efeito rebote e uma paralisação dessas fibras no intestino.

Eai? Qual dessas fibras você mais consome no seu dia a dia?

Sempre consulte seu nutricionista!

REFERÊNCIA:
COPPINI, L.Z. Fibra alimentar e obesidade. Byk Química. 2000. ROSBACH, Tiago; PEREIRA, Francine Martins. Efeito da Ingestão de Semente de Abóbora Cucurbita máxima L. no Perfil Lipídico e Glicídico de Ratos Wistar Machos. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 03, Ed. 06, Vol. 05, pp. 5-16, Junho de 2018. ISSN:2448-0959 BERNAUD, Fernanda Sarmento Rolla, RODRIGUES, Ticiana C. Fibra alimentar – Ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo. Arq Bras Endocrinol Metab. V.57, n.6, p.397-405, abr. 2013.

7 erros mais comuns na dieta de emagrecimento

Sou Nutricionista clínica funcional aplicada a tratamento e prevenção de obesidade, e diariamente recebo pacientes desmotivados, com baixa auto estima, depressivos pelo fato de não conseguirem resultados permanentes com as dietas que seguem.

Nutrição

Primeiramente, é preciso mencionar aqui que existe uma grande diferença na definição entre dieta e plano alimentar/estilo de vida. Dieta é provisório e passageira, plano alimentar/estilo de vida é para sempre. Portanto se você está lendo esse post e também busca emagrecimento siga um plano alimentar individualizado a longo prazo e não uma dieta imediata.

Pensando nesses paciente e nos leitores que me acompanham, resolvi fazer uma listinha de alguns erros mais comuns na dieta de quem deseja emagrecimento.

Confira a lista:

METAS INATINGÍVEIS: Estabelecer uma meta que consiga atingir é essencial, comece com pouco, como por exemplo: emagrecer 4kg em 1 mês, parar de consumir açúcar no café e no suco, ir à academia 3 vezes na semana... Cada corpo é único, respeite suas limitações e seu biotipo, alguns objetivos acabam tornando-se obsessões e prejudicam o emocional. É muito comum um paciente obeso viver pelo sonho de emagrecer, de estar dentro dos padrões impostos pela sociedade e esquecer da saúde, e é nesse erro que ocorre o efeito rebote. Tome muito cuidado!

BATATA NÃO É LEGUME: Batata não pode ser substituído por abobrinha, cenoura, beterraba, cebola ... esses sim, são legumes! Batata é um carboidrato e pode ser substituído por arroz/macarrão. Por isso lembre-se, se for a algum jantar, restaurante, ou até mesmo na sua casa e tiver opções de arroz e batata, escolha apenas um ou outro, nunca os dois juntos.

NÃO ADOCE (nem mesmo com adoçante): Se você consome 1 xícara de café com 1 colher de sopa de açúcar (qualquer que seja o açúcar ou adoçante), sinto -lhe dizer, mas você não gosta de café. E o mesmo vale para os sucos e chás. (Eu já falei sobre esse assunto aqui no blog, mas só completar esse tópico vou relembra-los) Ao consumir bebidas com açúcar ou adoçante o nosso organismo se prepara para receber esse açúcar (glicose), e essa glicose ao cair cai na corrente sanguínea estimula o cérebro a produzir um hormônio chamado dopamina, que é responsável pela sensação de prazer e bem estar, fazendo com que o organismo fique viciado nesse tipo de alimentação, e aí na próxima refeição você sentirá mais fome e mais vontade de comer doces e carboidratos. Um ciclo vicioso que atrapalha totalmente sua dieta.

EXCEÇÕES CORRIQUEIRAS: "só hoje", "mas era domingo", "mas é páscoa", "mas é sexta-feira", "mas eu tive aniversário"... Essas frases são típicas de quem vira a mexe arranja uma desculpa para furar a dieta. Se a sua exceção acontece todos os dias, ela não é mais exceção, por exemplo: se você come uma colher de brigadeiro por dia, um bombom por dia, ou até mesmo 1 colher de mel por dia (mesmo que escondido) isso vai atrapalhar no seu processo evolutivo, e a culpa não será mais da dieta, serão dos furos. Para ter resultado e aprender a lidar com a alimentação frente a suas emoções, procure um profissional nutricionista.

ACHAR QUE ALIMENTOS CONSIDERADOS SAUDÁVEIS NÃO ENGORDAM: Não é porque um alimento é integral, que na embalagem dele contém uma imagem bonita e está escrito FIT, ou que a sua musa fitness consome que esse alimento pode ser consumido a vontade que não te engordará. Arroz integral, pão integral, açúcar mascavo, adoçante, mel, granola entre tantos outros, possuem calorias, e o excesso deles fará você engordar.

ACHAR QUE LIGHT/DIET SÃO SAUDÁVEIS: Focar sempre e somente nas calorias é um erro muito comum. Se você começar a ler os rótulos dos alimentos que consome ficará assustado ao sabor que existem muitos alimentos lights/diets que são muito piores do que um refrigerante. Um exemplo válido para esse tópico são as castanhas, muita gente morre de medo das calorias e das gorduras das castanhas, e alguns até preferem consumir uma bolachinha fit ou até mesmo uma gelatina de apenas 30 calorias, mas essa bolachinha fit e essa gelatina não possui vitaminas e minerais essenciais no processo de emagrecimento que a castanhas possui.

SUBSTITUIR REFEIÇÕES POR SHAKES OU CHÁS: Chá não alimenta e shake também não!

Para mais informações consulte um profissional Nutricionista.

Para agendar sua consulta comigo entre em contato através do WhatsApp: (43) 9 9981-9943

Autosabotagem X Emagrecimento

Há um tempo atrás eu fiz uma enquete no meu Instagram e uma das perguntas era essa que você vê na foto a baixo.

Autosabotagem

Fiquei pensando sobre o fato de 92% dos meus seguidores terem respondido que o maior vilão na sua luta contra o peso é a auto sabotagem. Você também se identifica? Então acompanhe o post e saiba como evitar a auto sabotagem.

1- NÃO SEJA RADICAL.
Se você deseja mudança comece gradativamente. Oriento primeiramente a reeducação alimentar.

Processo de Emagrecimento

2- BUSQUE MOTIVAÇÃO PARA CONTINUAR.
Ter um parente, uma amiga, namorado/ marido te apoiando e entrando nessa com você fica muito mais legal e mais fácil de não perder o foco.

3- PARA DE INVENTAR DESCULPAS.
Não dê desculpas esfarrapadas para os seus deslizes, esse é um dos maiores problemas e dos motivos de estarmos falando sobre esse assunto.

4- ESTABELEÇA METAS ALCANÇÁVEIS.
Não se iluda desejando perder 15kg em um único mês, porque se você não emagrecer tudo o que deseja as chances de você se auto sabotar novamente são grandes, ai minha amiga, fica muito mais fácil de você voltar à estaca zero e começar o ciclo novamente.

5- MENTALIZE O FUTURO QUE VOCÊ DESEJA.
Pense na sua saúde que melhorará 100%, pense no corpo saudável que você terá, na sua auto-estima, pense em como você se sentirá, os elogios que receberá. Isso te deixará mais forte e irá te fazer continuar.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos

5 mitos e verdades do processo de emagrecimento

No mundo de quem quer emagrecer é superimportante priorizar sempre a saúde.
Por isso, hoje eu vou esclarecer algumas dúvidas e citarei 5 mitos e verdades do emagrecimento, para que assim evitemos loucuras desnecessárias.

Receitas para Emagrecer

Sou gordo pela genética e não pelas escolas alimentares
Mito.
Apesar da genética ter certa influência no emagrecimento, pode ser contornada com a reeducação alimentar, estilo de vida saudável e com uma rotina de exercícios físicos. Quando damos uma super importância apenas à herança genética pelo fato de sermos o que somos (seja você obeso ou magro), deixamos de lado nossa participação no processo. Ou seja, o estilo alimentar e de vida que você leva ao longo dos anos importa sim e muito. Se você tem a tendência a ser obeso e quer contornar este fato, é fundamental que você se esforce, tenha um estilo de vida mais saudável e equilibrado, pratique atividades física com frequência e cuide mais da sua saúde.

Refrigerante diet emagrece?
Mito.
Refrigerante diet apesar de não conter açúcar e nem caloria, possuem mais sódio do que os normais, e em vez de açúcar, são adoçados artificialmente com aspartame, ciclamato, sacarina, acessulfame-K ou sucralose, além de serem ricos em edulcorante artificiais e devem ser evitados.

Cintas modeladoras ajudam a emagrecer?
Mito.
Como o próprio nome diz, ela modela, não emagrece! "Mas Drª, eu vi a Musa Fit emagrecer horrores com a cinta". Com certeza a Musa Fit também tem uma vida diária de exercícios físicos e uma alimentação balanceada. Mas resumindo, as cintas não emagrecem, nem se quer queimam calorias, muito menos têm impacto sobre as gorduras localizadas, elas APENAS modelam e disfarçam medidas.

Carne vermelha engorda?
Mito.
O que engorda é o modo como você prepara (fritura, principalmente) e a quantidade que você come. Como eu sempre falo: nada engorda nada emagrece, tudo depende. E excesso nunca é legal!

Consumir líquido durante as refeições engorda?
Mito.
Mas também não é o recomendado, pois irá dificultar a sua digestão, além de dilatar o estômago. Se você possui um quadro de gastrite, azia ou refluxo então, evite o consumo durante as refeições e procure um profissional nutricionista para te instruir.

Gostaram do post?

Beijos da Galvão.

Queijo pode?

Opa, mas é claro que pode.
Primeiramente porque é delicioso, e depois porque é um alimento altamente nutritivo e muito rico em vitaminas e minerais.

Dicas de Alimentação Saudável

Porém é necessário cautela na hora de comprar o seu. Queijo não se compra em qualquer lugar, pois MUITOS deles contém amido (açúcar) em sua composição para aumentar a vida de prateleira. E também não me vá comprar polenguinho ou qualquer outro que venha dentro de embalagens, pelo amor de Deus, aquilo não deveria nem ser considerado alimento 🤢 muito menos queijo.

O queijo é uma excelente fonte de proteína. Uma fatia grossa de queijo cheddar - quando eu falo cheddar, é cheddar mesmo, e não aquele que vai dentro de fastfoods - (28 g) contém cerca de, 6,7g de proteína, que é semelhante ao que você consome em um copo de leite.

E para aqueles que apresentam colesterol elevado foi realizado um estudo Food for Health Ireland, da University College Dublin (UCD), na Irlanda, o qual diz que o queijo pode não ser tão ruim para os níveis de gordura no organismo como muitos imaginam. De acordo com o estudo, pessoas que incluem grandes porções de queijo na dieta são mais magras do que as outras. Além disso, o consumo maior do alimento não foi associado ao aumento nos níveis de colesterol. Na verdade, os participantes que preferiam produtos lácteos com baixo teor de gordura tendiam a níveis mais altos de lipoproteína de baixa densidade (LDL), o colesterol considerado ruim.

Isso quer dizer que a gordura presente no queijo não aumenta o colesterol ruim devido ao conjunto singular de ingredientes que ele contém.

Dicas de queijo para o dia a dia: meia cura, Brie, coalho, cabra, muçarela de búfala e ricota.

Dicas de queijo para ocasiões especiais: os mais amarelos, gorgonzola e provolone.

Gostou da dica?

Então não esquece de enviar esse post para aquele seu amigo que ama queijo mas que também tem o objetivo de ter uma vida mais saudável.

Pão francês, pode ou não pode?

Opa, mas é claro que pode.
Primeiramente porque é delicioso, e depois porque é um alimento altamente nutritivo e muito rico em vitaminas e minerais.

Dicas de Café da Manhã Saudável

Pode comer pão francês/branco? Se você gosta e não é celíaco, pode sim, até porque ninguém vive de restrições, mas não pense que é a melhor opção porque não é, e também não exagere comendo como se não houvesse amanhã porque o amanhã existe sim, ainda mais se você estiver em processo de emagrecimento...

Qual a melhor forma de comer o pão branco? Associado a uma boa proteína, seja ela um ovo, frango... ou qualquer outra fonte de proteína que auxilie a reduzir a carga glicêmica desse pão.

Porque não comer o pão puro? Simplesmente porque pão puro tem uma resposta glicêmica, e o pão associado a uma fonte de proteína terá uma resposta glicêmica totalmente diferente. Além disso, os pães feitos com farinha branca elevam rapidamente a nossa glicemia, além de serem prejudiciais para a saúde do nosso intestino.

Como pão francês/branco todos os dias com, posso continuar? Depende basicamente das suas necessidades individuais, seus objetivos, a quantidade que você come e o que você associa a esse pão, mas não oriento. Seu alto consumo diário pode propiciar o surgimento de diabetes e até mesmo a obesidade. Um bom nutricionista irá te auxiliar e não te privará de comer aquilo que você gosta, e sim irá adequar da melhor maneira a sua alimentação de acordo com suas individualidades e te apresentará as melhores opções e substituições.

Se eu (Ana Carolina) como pão francês/branco? Mas é claro. Tá bom que é no máximo uma vez no mês, mas eu como. Eu dificilmente como qualquer tipo de pão, não sou celíaca porém me acostumei a ficar sem e hoje quando consumo normalmente passo muito mal. Então evito e opto por outras fontes melhores de carboidrato, que aliás são muitas!

Pão francês/branco engorda? Não. Ele não tem esse poder todo. Pão francês tem a mesma quantidade de calorias de 2 fatias de pão integral de forma, tem o índice glicêmico menor que o da tapioca e como já foi dito anteriormente é importante associar ou rechear esse pão com uma boa proteína, isso vai ajudar a diminuir a carga glicêmica e retardar a chegada do açúcar no sangue, além de te dar mais saciedade. Mas é claro que esse consumo deve ser balanceado e adequado às suas necessidades e objetivo, caso contrário pode sim te fazer engordar.

Aprenda a se alimentar e a não ter medo da comida.

Beijos, Galvão.

Ana Carolina Galvão - Nutricionista Clínica Funcional

Contato

(43) 9 8817-1041 / (43) 3322-1786
nutricionista.galvao@yahoo.com